[RMC-DF] Informe urgente: Diretores do Sindágua processados por lutar! Solidariedade já!

https://lutafob.files.wordpress.com/2014/09/unnamed1.jpg?w=499

Camaradas, no dia 25/09 a diretoria da CAESB (empresa pública de saneamento de Brasília) desferiu um golpe baixo e sujo contra os trabalhadores da empresa e contra o Sindágua (Sindicato da categoria). De acordo com o “Informativo CAESB” nº27, datado de 25/09/2014, cinco diretores sindicais serão processados na Justiça Trabalhista por “agressões físicas e morais” contra o presidente da CAESB durante uma suposta “invasão” à uma reunião na sede da Empresa, ocorrida no dia 22 de agosto. Na ocasião, durante uma greve, dezenas de trabalhadores entraram pacificamente na sede cantando gritos de guerra, com apitos e exigindo uma reposta clara do presidente, Oto Silvério Guimarães Júnior. A CAESB afirma que este teria ficado “refém” do sindicato por cerca de 40 minutos, um absurdo. O processo terá como base o art. 482, letras “b”, “h”, “j” e “k” da CLT, que visam a DEMISSÃO por justa causa!! Recentemente a empresa havia ressaltado, oficialmente e em redes de comunicação, que não puniria grevistas e sindicalistas, e agora surge com esse processo absurdo.

https://lutafob.files.wordpress.com/2014/09/img-20140925-wa0008.jpg?w=845Os trabalhadores da CAESB, que sustentam a empresa e trabalham para garantir um melhor saneamento para a população do DF, estão desde o início do ano enfrentando uma forte política de “corte de gastos” da CAESB e do governo Agnelo/PT-PMDB. Uma das maiores greves ocorreu esse ano, no contexto de Copa da FIFA. A greve durou 44 dias, iniciou em 19/05 a partir da data base e terminou em 03/07 sem acordo. Foram reivindicadas questões importantes como a Tarifa Social da Água, combate a terceirização e os cargos comissionados, ganho real, entre outras.

Na ocasião da greve, a polícia reprimiu piquetes com spray de pimenta e agressões físicas e morais, essa violência foi repetida durante a suposta “invasão”. A nível institucional, o governo e a empresa se mostraram intransigentes, colocaram a greve na ilegalidade, e mantêm até hoje uma proposta para retirada/diminuição de direitos como o anuênio, PPR, titulação, PCCS. O Sindágua respondeu: “(…) é inadmissível que discuta a retirada/diminuição de quaisquer direitos (…) sem que antes a Empresa aponte com plena transparência sua real situação, e, sobretudo, que os problemas de gestão da Companhia sejam resolvidos como um todo.” Ou seja, a CAESB quer “cortas gastos”, porém, nega a transparência financeira e gerencial. Sabemos que a transparência mostraria a parasitagem das empresas terceirizadas e dos cargos comissionados, fatores que recentemente apareceram nas capas dos jornais com escândalos, como o aumento de comissionados e a tragédia na adutora da EPTG que assassinou o companheiro Luciano, vítima da terceirização. Querem retirar direitos dos trabalhadores para continuar engordando empreiteiras e comissionados!

Portanto camaradas, esse não é apenas “mais um” dentre outros ataques dos patrões e do governo. Esses processo jurídico que busca DEMITIR POR JUSTA CAUSA os cinco lutadores do Sindágua é uma ação absurda contra direitos básicos e uma forma de repressão política para calar uma das únicas categorias e sindicatos que não se dobraram ao governo Agnelo/PT-PMDB! Estão criando um factóide para desviar o foco das verdadeiras irregularidades cometidas na CAESB contra a população e contra os trabalhadores! Quem está julgando, é quem deve ser julgado! Ao querer punir 5 lutadores, a diretoria da CAESB quer convencer a categoria de que a luta não compensa. Mas nós sabemos: todos os ganhos dentro da CAESB, para trabalhadores e população, são frutos da mobilização e da greve! Agora é hora de não permitir que derrubem os nossos! É hora de cobrir de solidariedade os lutadores do Sindágua e seguir até a vitória!

FIM DOS PROCESSOS AOS CINCO LUTADORES DO SINDÁGUA!
LUTAR NÃO É CRIME! NÃO HAVERÁ DEMISSÕES!
POR UMA CAESB PÚBLICA E SOB CONTROLE POPULAR!
QUEREMOS DIREITOS, NÃO REPRESSÃO!

Assinam:

Rede de Mídia Classista – RMC

Fórum de Oposição pela Base – FOB
Rede Estudantil Classista e Combativa – RECC
Oposição Combativa Classista e Independente (CCI) ao DCE-UnB

Anúncios

Uma resposta em “[RMC-DF] Informe urgente: Diretores do Sindágua processados por lutar! Solidariedade já!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s