[RMC] Paralisação dos rodoviários – CE

Por

O terminal do Conjrrmc1unto Ceará não acordou hoje pela manhã em função da demissão do trabalhador Kerginaldo da Costa. Kerginaldo é trabalhador rodoviário e foi demitido a 10 dias após exigir a demissão de um dos gerentes da empresa Siará Grande que o havia ameaçado de morte.

Das 3h as 8:30 o terminal permaneceu completamente parado pela ação direta dos trabalhadores rodoviários, que demonstrando sua solidariedade de classe fecharam o terminal de integração por completo. A partir das 8:30 apenas os ônibus da Siará Grande (maior empresa da região) permanecem parados, circulando apenas 20% da frota de ônibus que compõe as outras empresas, ou seja, são 116 ônibus parados e 232 trabalhadores de braços cruzados.

O SINTRO (CSP-Conlutas), sindicato dos trabalhadores rodoviários informa que não tem participação nessa manifestação, sendo assim entendida como espontânea da própria categoria.

Os empresários do sindicato patronal (SINDIÔNIBUS) já informaram que irão processar judicialmente o trabalhador demitido por tumulto e paralisação ilegal.

É preciso que a entidade dos trabalhadores se solidarize com o trabalhador demitido, garantindo assessoria jurídica, auxilio político e financeiro. Essa é a função dos sindicatos, fazer a luta dos trabalhadores e se solidarizar na pratica com os perseguidos e demitidos políticos.

Avante a ação direta dos trabalhadores rodoviários!

Reintegração do trabalhador Kerginaldo ao seu posto de trabalho!

Abaixo as perseguições políticas nas fábricas, empresas e garagens!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s