[ACS] TRABALHADOR@S TERCEIRIZAD@S DA UFRJ SOFREM COM O AVANÇO DA PRECARIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO!

Por Aliança Classista Sindical (ACS) afiliada ao Fórum de Oposições pela Base (FOB)

Mais um mês se passa e 2015 mostra como o governo Dilma/PT tocará as políticas educacionais. As medidas do Governo (esse mesmo, que diz que o Brasil é uma Pátria Educadora) demonstram mais uma vez o acelerado avanço da precarização das condições de trabalho na Educação Federal. Esse será o modelo utilizado para a desestruturação do Serviço Público e devemos estar atentos a isso. O corte de 2 bilhões na pasta da Educação prejudica as condições de trabalho de toda a classe, sem contar o efeito para a pesquisa, o ensino e a extensão. Se está ruim para os concursados, pior está para os terceirizados. Na UFRJ estes mais uma vez precisaram paralisar os serviços para reivindicar o que deveria ser essencial: o pagamento de seus salários. Não bastasse isso, os funcionários ainda exigem o pagamento de auxílio-transporte e alimentação, que estão incompletos.

“EU NÃO SOU OTÁRIO! QUERO MEU SALÁRIO!!”

O atraso sucessivo dos salários e benefícios revela a desumanidade no tratamento que o Governo dispensa as trabalhadoras e trabalhadores terceirizados. Sem garantia de seus direitos, estes exercem o poder popular e partem para a ação direta. Greve e piquetes na porta do setor financeiro são as armas utilizadas para mostrar a força que a classe tem para exigir seus direitos. Na última terça-feira (24/02/15), palavras de ordem ecoavam pelos corredores do prédio da Reitoria da UFRJ. Os funcionários gritavam: “Eu não sou otário. Quero meu salário”. Nada mais correto!

AOS SERVIDORES CONCURSADOS, DEFENDER AS REIVINDICAÇÕES DOS TERCEIRIZADOS É OBRIGAÇÃO!

cggPor trás das sujeiras que tomaram conta dos corredores de muitas unidades da UFRJ (Reitora e Serviço Social são um exemplo) esconde-se a imundície que o Governo prepara para a Educação. A precarização das condições de trabalho dos terceirizados é só o início. Nesse sentido, os servidores concursados têm a obrigação de defender a classe trabalhadora. A luta dos terceirizados também é nossa luta. Devemos exigir que seus direitos sejam cumpridos integralmente. Além disso, paralisar nossos serviços e nos juntar a eles é crucial para o início de um movimento forte, rumo à GREVE GERAL.

Efetivação das Terceirizadas e Terceirizados!

Construir o Sindicalismo Revolucionário!

É BARRICADA, GREVE GERAL, AÇÃO DIRETA É QUE DERRUBA O CAPITAL!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s