[FOB-RJ] UNIDADE NA LUTA, SEM CONCILIAÇÃO DE CLASSES!

por Fórum de Oposições pela Base, seção RJ

Debate sobre

AS TAREFAS DA CLASSE TRABALHADORA

FRENTE A OFENSIVA DOS PATRÕES E DO ESTADO

(Apresentação do Fórum de Oposições pela Base – FOB)

 Nossa classe, trabalhadora, encontra-se numa encruzilhada. Estamos diante de duas opções: seguir o mais do mesmo da política eleitoral, com suas promessas vãs, seu palavrório vazio de sentido e seu imobilismo na hora das ações de massas; ou construir a ruptura com esse sistema, agindo de forma unificada, organizada, com objetivos claros e sem cair nas armadilhas e ilusões que patrões e governos criam para manter-se no poder.

Temos ouvido sempre o discurso de que a política eleitoral é o único caminho para as mudanças que necessitamos. Mas, ano após ano, nenhuma das mudanças que queremos vem. Vendados e sufocados por propagandas que berram a todo o momento que as eleições são o caminho certo e a única verdade, alguns acreditam que o problema está em si mesmo e não no sistema. Dizem que “o povo não sabe votar” e se esquecem que quem manda no Estado e governos é o dinheiro dos patrões, movidos pela vontade de nos fazer trabalhar mais ganhando sempre menos e com menos direitos.

As velhas lideranças de partidos, sindicatos e movimentos sociais permanecem presas a estratégia eleitoral. Burocratas partidários e sindicais ditos ‘de esquerda’ (do PT, PCdoB, CUT, CTB e também de PSoL, PSTU, Conlutas e Intersindical, etc.) dizem que seus cargos e seus mandatos servem para melhorar a vida dos trabalhadores mas, no dia a dia, nossa vida só piora. E, mesmo quando parece melhor por um tempo, como no aumento do consumo que se viu por um período de menos de 10 anos no Brasil recentemente, é para esconder o roubo de nossos direitos, como aposentadorias dignas, educação e saúde públicas e com qualidade, sistema de transporte digno e acessível, etc.

Dizem que temos que nos unir contra o ‘avanço da direita’, mas não vêem que para a imensa maioria dos trabalhadores a direita nunca parou de avançar, retirando  quando não resistimos com greves, passeatas, ocupações de prédios públicos, etc).

Ainda assim os burocratas vivem repetindo a mesma ladainha eleitoreira de sempre. Só que perdem cada vez mais a confiança do povo, que rejeita o circo eleitoral, com seus comícios e propagandas de TV. O grande problema é que depois de anos ouvindo que só as eleições mudam as coisas podemos não podemos ficar sem saber o que fazer após rejeitar a farsa eleitoral. Já sabemos que o velho caminho eleitoreiro não leva a nada, mas isso não basta, temos que construir nossa própria saída, com nossas próprias mãos.

Para isso surgiu o Fórum de Oposições pela Base (FOB), criado por militantes de base de diversas categorias da classe trabalhadora: operários, estudantes, professores, funcionários públicos, desempregados, etc. Todos com a intenção de construir a solução para os nossos problemas a partir de uma postura ativa e combativa na luta de classes, defendendo formas radicalmente diferentes das que estão postas hoje em dia para organizar a luta em defesa dos nossos direitos e acreditando que temos a capacidade política para conquistar nossa emancipação através dessa luta.

Temos convicção de que só as organizações de base – comitês, conselhos, coletivos, associações – de companheiros de trabalho, de escolas e universidades e, nos locais que moramos, de vizinhos que compartilham os mesmos problemas que nós, são espaços onde nossa voz seja ouvida e as mudanças que queremos podem ser debatidas e levadas a sério. E só a união dessas organizações de base poderá realizar a força e o poder do povo, manifestando-se em greves, grandes passeatas e tudo mais que for necessário para fazer governos e patrões se curvarem a vontade da maioria. E para construirmos essas organizações é preciso que os trabalhadores e trabalhadoras que já avançaram nas reflexões e já compreendem essa necessidade se unam, discutam, decidam e ajam para efetivá-la. Levando as experiências que já tem nas suas bases e aprendendo com as experiências dos outros podemos fortalecer a luta de todas e todos.

Diante disso o FOB convida estudantes, desempregados, aposentados, donas de casa, trabalhadores e trabalhadoras de todas as categorias a um debate sincero e fraterno, para apresentar as propostas e experiências que temos e ouvir a de todas e o todos, com intenção de impulsionar a luta e organização de base diante da ofensiva burguesa em todo país e, principalmente no Estado do Rio de Janeiro, onde vivemos um verdadeiros caos nos serviços públicos como educação, saúde, transportes, etc, que não pode e não deve ficar sem uma resposta a altura.

ELEIÇÃO É FARSA! OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER!

AVANTE FOB!

DIA: 03/03/2016  HORA:18h      LOCAL: UERJ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s