[ACS] Greve Geral Já!

Acesse PDF: GREVEGERAL

O Brasil enfrenta uma grave crise provocada pela classe dominante. Essa crise é usada como meio para roubar os trabalhadores, por meio das reformas trabalhista, da previdência e pela expansão da terceirização.

Somente um forte movimento de massas é capaz de derrotar esses ataques. Somente uma grande greve geral, acompanhada de um levante popular, pode parar  o ataque capitalista.

Mas além dos ataques do grande capital enfrentamos também a traição das centrais sindicais: CUT, CTB, Força Sindical atuam para sabotar e enfraquecer a resistência.  Chamaram uma greve geral para o dia 28 de abril por pressão das bases. Mas fazem tudo para tirar do dia 28 o caráter de “greve” e de “geral”.

No Rio de Janeiro as centrais convocaram de comum acordo um “showmício”, um ato Candelária-Cinelândia seguido de um Show. Esse método, típico do sindicalismo pelego e patronal, só irá desmoralizar o movimento. Além disso, uma greve geral de um dia, convocada para uma véspera de feriado, cairá no vazio. Os atos e mobilizações que estão programadas para parte da manhã, bem como a Marcha definida para Alerj, às 14hs, só acontecerão devido à pressão das organizações, como o FOB. É preciso transformar o blefe em manifestação real. É guerra.

A estratégia é clara: querem fazer um showmício para virar um ato de campanha eleitoral. Uma greve que não tenha nenhum impacto real na acumulação de capital no Brasil. E depois dirão que greve geral foi “sem efeito”, que as massas não estão “preparadas”. Essa estratégia derrotista é uma estratégia oportunista, visa apenas preservar a burocracia sindical e realizar o trabalho de apoio a campanha “Lula 2018”.

Por isso dizemos: é hora de construir uma greve geral pode tempo indeterminado. Para a produção nas fábricas, para as escolas, para a produção no campo, parar os aeroportos. É hora de parar os transportes, as universidades, as escolas. É hora de ocupar as ruas, ocupar as assembleias legislativas e expulsar os políticos corruptos do poder. É hora de uma greve geral.

Greve geral pela suspensão e anulação das reformas da previdência.

Pela anulação da lei da terceirização.

Greve Geral pela Base!

Abaixo as centrais sindicais pelegas e oficialistas.

Greve geral já! Pára tudo, ocupa Tudo! 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s