FOB-MS | CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE EM DOURADOS: QUE OS RICOS PAGUEM PELA CRISE!

A FOB-MS dá início a campanha emergencial de arrecadação de alimentos, materiais de proteção e higiene para o bairro Canaã IV, situado na periferia de Dourados (MS). O ponto de coleta será na sede a ADUF, na Rua Passo Fundo, nº 290. De acordo com relatos de moradoras do local, em torno de 150 mulheres, trabalhadoras domésticas e diaristas, se encontram em situação de vulnerabilidade, sem alimentação suficiente para suprir as necessidades de suas famílias frente à crise resultante da pandemia do COVID-19. Os dados mais recentes apontam para 4.256 infecções e 136 mortes, apenas no Brasil.

Ressaltamos que a fome e o impedimento de acesso a direitos básicos para reprodução da vida, como saúde e renda, é consequência da própria lógica de funcionamento do sistema capitalista, e pandemias como a do Coronavírus, tem relações diretas com a devastação ecológica causada pelo agronegócio. No Mato Grosso do Sul, lugar com a segunda maior população indígena do país, também é preciso fortalecer as iniciativas de arrecadação para a Reserva Indígena de Dourados, que está em grande parte sem acesso à água potável, e com muitos trabalhadores indígenas obrigados a manterem seu trabalho na agroindústria (frigoríficos, corte de cana, etc.).

Além disso, é preciso denunciar a política criminosa e genocida de Bolsonaro e seus capangas, que junto da burguesia (grandes empresários, latifundiários, etc.) estimulam o retorno da classe trabalhadora ao trabalho ou mantém os trabalhadores e trabalhadoras, especialmente autônomos e precarizados em seus locais de trabalho, sem garantia emergencial de nenhum benefício ou plano de apoio às famílias atingidas. Ao mesmo tempo, determinam toques de recolher e buscam militarizar a cidade para atuar pela repressão, e não pela resolução dos problemas da saúde pública. É preciso exigir imediatamente o direito remunerado a quarentena, suspensão dos aluguéis, contas de água, luz e internet, e diminuição dos custos de vida!

As trabalhadoras domésticas e diaristas, principais atingidas no bairro Canaã IV, devem ter o direito de permanecer em casa com compensação econômica por questão de saúde pública. Da mesma forma, entendemos que apenas o apoio mútuo, a solidariedade popular e a luta combativa pode transformar o atual cenário, que se aprofunda com uma grave crise econômica. Depois do vírus, não podemos permitir que tudo volte a ser como antes: é preciso preparar uma grande rebelião, para derrubar a burguesia exploradora e os donos do poder, construindo o poder popular!

NECESSIDADES DE DOAÇÃO:

▪ Alimentos não-perecíveis, legumes, verduras e frutas;

▪ Materiais de higiene e limpeza (sabonete, sabão, sabão em pó, detergente, fraldas descartáveis, absorventes, etc.);

▪ Equipamentos de Proteção Individual (máscaras, luvas, álcool-gel ou álcool 70).

SÓ O POVO SALVA O POVO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s