[FOB] Organizar os Comitês Antifascistas: autodefesa popular diante da vitória eleitoral da extrema direita e do acirramento da violência política

fob02

As eleições burguesas no Brasil consagraram a ascensão da chapa de extrema direita Bolsonaro-Mourão/PSL/PRTB ao Palácio do Planalto.

Essas eleições foram marcadas pelo acirramento da violência política, num processo de avanço de concepções e práticas fascistas na sociedade.

As denúncias de agressões durante a campanha foram muitas, com no mínimo três assassinatos políticos confirmados: o mestre de capoeira baiano Moa do Catendê, que havia declarado seu voto e apoio ao Haddad/PT/PCdoB, o jovem cearense Charlione Lessa, filho de Maria Regina Lessa, uma sindicalista do ramo do vestuário, assassinado a tiros numa carreata pró-Haddad; e o assassinato de Priscila em São Paulo, mulher trans morta sob os gritos de “Bolsonaro!”.

MÃO

Nas primeiras horas do anúncio da vitória da chapa de extrema direita Bolsonaro-Mourão/PSL/PRTB, as denúncias de agressões têm se multiplicado. A resposta, por tanto, tem que ser a autodefesa popular, recurando a tradição combativa das Brigadas Antifascistas.

Diversas inciativas de organização de Comitês Antifascistas e de Comitês de Defesa Popular tem se multiplicado. Essas são as alternativas de luta: autodefesa, resistência, barricadas e ação direta popular.

Veja a como está a organização do Comitê de Defesa Popular – Piauí:

https://medium.com/@cdp.pi

Propostas de medidas iniciais de autodefesa

* Medidas de autodefesa para realização de atividades como panfletagens e similares

1. Qualquer atividade deve ser realizadas com no mínimo três pessoas.

2. Participar de qualquer atividade com tênis e calça jeans, para que facilite a mobilidade.

3. Sempre avisar para os demais que está realizando uma tarefa.

4. Ter sempre alguém para que possa entrar em contato.

5. Estar com celular com crédito para ligações.

6. Acionar apoio jurídico e de organizações.

7. Não discutir nem aceitar provocações.

8. Muita atenção no trajeto para a atividade e no retorno depois da atividade, principalmente se estiver com camisas e outros objetos de identificação de militância;

9. Utilize apitos para fazer barulho caso seja encurralado/a por agressores;

10. Adquirir arma de choque e/ou spray de pimenta para defesa pessoal.

Bom_Viver1

* Medidas de autodefesa para atos públicos

1. Utilize calça jeans e tênis.

2. Sempre que possível utilize um casaco de mangas cumpridas;

3. Utilize sempre máscaras de gás;

4. Máscaras mais simples, panos e camisas devem ser umedecidas com vinagre;

5. Passe leite de magnésio próximo aos olhos e nas regiões que estiverem ardendo por efeito do lacrimogêneo ou spray de pimenta;

6. Vitaminas C efervescente e anti-ácidos amenizam o efeito do gás;

7. Nunca use saias, bermudas, vestidos, sandálias e chinelos;

8. Não esfregue os olhos, lave com água ou deixe que as próprias lágrimas limpem;

9. Nunca segure as cápsulas das bombas de gás com as mãos desprotegidas;

10. Caso seja detido afirme que só irá falar na presença de advogados.

* Organizar Coletivo de Advogados Antifas.

* Utilizar na comunicação aplicativos como wire ou signal.

BomViver2

 

Mão Estendida ao Companheiro/a, Punho Cerrado ao Inimigo!

Atacar um é atacar todos!

2 comentários sobre “[FOB] Organizar os Comitês Antifascistas: autodefesa popular diante da vitória eleitoral da extrema direita e do acirramento da violência política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s